Caneca - Tocando em Frente - Ser Feliz

Código: P3HGKS5SZ Marca:
R$ 45,00
até 4x de R$ 11,25 sem juros
Adicionar ao carrinho Disponibilidade: 2 dias úteis Estoque: 50 unidades
    • 1x de R$ 45,00 sem juros
    • 2x de R$ 22,50 sem juros
    • 3x de R$ 15,00 sem juros
    • 4x de R$ 11,25 sem juros
    • 5x de R$ 9,80
    • 6x de R$ 8,28
    • 7x de R$ 7,19
    • 8x de R$ 6,32
    • 9x de R$ 5,66
    • 10x de R$ 5,15
    • 1x de R$ 45,00 sem juros
    • 2x de R$ 22,50 sem juros
    • 3x de R$ 15,00 sem juros
    • 4x de R$ 11,25 sem juros
    • 5x de R$ 9,80
    • 6x de R$ 8,28
    • 7x de R$ 7,19
    • 8x de R$ 6,32
    • 9x de R$ 5,66
    • 10x de R$ 5,15
  • R$ 45,00 Boleto Bancário
    • 1x de R$ 45,00 sem juros
    • 2x de R$ 22,50 sem juros
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

A Rua das Tulipas possui diversos projetos, onde cada um traz uma temática diferente. Geralmente, assuntos dos quais alimento profundo interesse. Por isso criei este projeto ao qual dei o nome de "Veredas Caipiras & Crioulas". Nele eu trago artes que fiz com frases do cancioneiro do Brasil profundo, principalmente da cultura caipira com a moda de viola e da cultura crioula. A palavra caipira tem origem Tupi. Caa = Mato e Ipora = Habitante. Eram portanto, o povo que vivia distante da costa, nos interiores. A viola, que já fazia parte da vida dos portugueses, teve sua origem entre o povo árabe e foi levada até os portugueses por conta da ocupação dos Mouros na península Ibérica, que ocupa o sudoeste da Europa: Espanha, Portugal, o principado de Andorra e Gibraltar, um território ultramarino do Reino Unido. Essa origem errante, traz consigo um legado, perpetuado nas andanças Tropeiras, que são responsáveis pela difusão da cultura musical pelos rincões brasileiros. Se por sua vez, o Caipira tem origem em uma palavra indígena, os gaúchos tem influência muito maior do povo Guarani, que habitavam o Oeste do sul Brasileiro, além das designações Charrua e Minuano. que não pertenciam aos grupos Tupi e Guarani. Eles são considerados índios patagônicos, o que explica a influência da cultura Uruguaia e Argentina. No dialeto gaúcho, você encontrará palavras do castelhanas, riopratenses. guaranis, africanas e até incas. Eu sempre fui apaixonado por esta cultura tão complexa e rica. que certamente é a arte que mais me emociona.

Sobre a canção

Tocando em Frente é certamente um hino da música caipira e sertaneja. Composta por duas entidades, dois artistas dos quais sou um fã profundo. E a composição desta poética canção, tem uma história muito bonita. Ela foi composta na casa de Almir Sater, em uma visita de Renato Teixeira.  E é Renato que explica, que justamente queria compor uma canção que fosse um amontoado de frases bonitas. "Daquelas que se fazem plaquinhas para colocar na parede de casa", segundo ele. Exatamente do que se trata o projeto da loja da Rua. Eu queria unir essa minha paixão por frases, pela palavra, pela escrita e meu trabalho com ilustração. O grande problema é que, geralmente, uma canção possui uma frase mais significativa. Tocando em frente poderia ter 20 produtos diferentes. É de fato uma obra prima do cancioneiro brasileiro. 

Detalhes

As canecas da Rua são todas numeradas. Cada arte é reproduzida em apenas 50 unidades. Uso o príncipio da Xilogravura e suas regras de reprodução. Assim, você não tem em sua mão apenas uma caneca comum, mas uma peça de arte exclusiva. Após a venda das 50 reproduções, a arte nunca mais voltará ao site. 

Material: Cerâmica
Capacidade: 330 ml
Produção: até 5 dias úteis após a confirmação do pagamento
Entrega: consultar forma de envio (Sedex ou PAC)

Instruções

Não deixa relevo e nem cheiro (Ainda bem)
Acabamento de alto brilho (Chiquetosa)
Fácil de limpar (Para você que mora sozinho)

Produtos relacionados

R$ 45,00
até 4x de R$ 11,25 sem juros
Adicionar ao carrinho Disponibilidade: 2 dias úteis Estoque: 50 unidades
Pague com
  • Mercado Pago
  • Mercado Pago
  • PagSeguro
Selos

A Rua das Tulipas - CNPJ: 34.700.189/0001-47 © Todos os direitos reservados. 2022


Para continuar, informe seu e-mail